Poemas
Não Sabemos se Voltamos mas Vamos..
Vida de Bombeiro

Eu sou bombeira,
sou soldado da paz,
meu trabalho é para o povo,
minha história eu vou contar.

É dia e noite a serviço da nação,
tem bombeiro de "plantão",
precisou pode chamar. 

Tocou o alarme, a sirene "disparou",
no compasso acelerado vai também meu coração.
Nesta rotina vou levando a minha vida,
todo dia tentando superar a emoção

Sou bombeira, sou valente.
Socorrer a nossa gente,
essa é minha missão
Defender as nossas cores,
nossas crenças e amores,
nossa terra e nosso chão.

Cor do sangue nas nossas veias,
cor do fogo que incendeia,
cor do nosso camião.
Nossa cor é escarlate,
cor do nosso estandarte,
cor do nosso coração.

Seja no fogo,
no mais alto edifício,
nas estradas, precipícios,
se for preciso eu chego lá.

É prevenindo que evitamos as tristezas,
vida alheia e riquezas,
nosso lema é "Bombeiro que não sabe não salva".

Também nas águas eu enfrento a corrente,
não temendo as profundezas,
nem as ondas do alto mar.
Navego firme, resoluto e decidido
faço tudo o que é preciso
se houver vidas para salvar.
 
Sou bombeira, sou valente.
Socorrer a nossa gente,
essa é minha missão
Defender as nossas cores,
nossas crenças e amores,
nossa terra e nosso chão.
 
alexnarciso203 @ 25-04-2008 22:46:48, actualizado a 25-04-2008 23:00:10
Comentários
Ainda não existem comentários neste texto. Seja o(a) primeiro(a) a fazer um!