Poemas
Motivo
Faz tempo que eu queria um motivo Ele, agora memória, quer ganhar desenho no grafite que a minha mão segura Motivo? Memória? Já não importa Na lembrança, a conversa de despedida em despedida e o pouso entre as amigas de sonhos Perdi o momento do motivo Assim como veio, se foi. No vôo oportunista para o alimento o pássaro, atento. Eu, desejosa de motivo, ainda sinto fome de poesia
 
Alice @ 01-04-2006 0:00:00
Comentários
Ainda não existem comentários neste texto. Seja o(a) primeiro(a) a fazer um!