Poemas
Diálogo com a verdade

Caminho lado a lado com a verdade.

Sempre que a encontro, perco-a,

Sempre que a vejo, nego-a,

E no fim do caminho sei que

Já não a poderei ter.



Direi que a verdade me persegue.

Às vezes, quando caminho,

Sinto os seus passos duros,

Firmes, de encontro aos meus.



E os meus passos, mais rápidos,

Mesmo arrependidos,

Vão adiante dos dela,

Para que nunca nos encontremos.



Como uma espécie de maldição,

Como uma praga incontida que me

Assola, se escapo à verdade,

Escapo porque já a tenho,

Porque me não posso livrar dela,

E corro mais de mim

do que dela,

Corro… corro, para não a confirmar.



06/08/2011

 
ricardomtj @ 08-08-2011 1:15:32
Comentários
Ainda não existem comentários neste texto. Seja o(a) primeiro(a) a fazer um!